Santa Catarina registra primeiro caso de dengue autóctone em 2019

07 Fevereiro 2019 14:00:00

Caso indica que o paciente contraiu a doença no estado

Foto: James Gathany

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde (SUV), informa que, de acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), foi registrado o primeiro caso autóctone de dengue no estado neste ano. O caso foi em janeiro, em Florianópolis.

Conforme o gerente de Zoonoses da DIVE/SC, João Fuck, a confirmação do caso autóctone, que significa que o paciente contraiu a doença no estado, reacende o alerta sobre as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. "Mais uma vez reforçamos que a população precisa ajudar no controle dos focos do mosquito. Recipientes que podem conter água precisam ser vistoriados e eliminados corretamente. Importante também a vedação das caixas da água e calhas", alerta. Até o momento, Santa Catarina só tinha registrado dois casos importados de dengue. 

Em Araquari já foram encontrados sete focos de dengue em 2019, quase o dobro comparado ao mesmo período do ano passado. Os focos foram pegos por armadilhas feitas por agentes de combate a endemias e estavam localizadas no bairro Itinga e Rainha. A principal preocupação da Secretaria Municipal de Saúde é a proximidade dos últimos focos encontrados, constatando a presença do mosquito no bairro.

O responsável pelo setor da dengue, Henrique Nascimento, ressalta que o mosquito também transmite a febre amarela, aumentando assim o nível de preocupação e cuidado.

A SMS pede a conscientização da população de Araquari com qualquer tipo de ambiente em que o mosquito possa proliferar e pede para que, caso o cidadão identifique algum local com possíveis focos, denuncie. As denúncias podem ser feitas por meio Programa de Ouvidoria e Atendimento ao Cidadão (Proac) que engloba o Facebook da Prefeitura, o whatsapp (47) 98462 5677, email - ouvidoria@araquari.sc.gov.br.


crea.fw.png
14319673464250.png




Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina